Seguidores

2012/01/26

É que você não sabe

       "É que você não sabe"  




                




 


É que você não sabe...
Quando abro os braços o mundo cai
É em nossos momentos que declaro
Que venço a dor que esta aqui

 

É que tu não intentas
De quanto sofro
Pra quando a noite chegar
Eu poder lhe ver sorrir.

 

A vida pode sim, não ser assim...
Pois quando a noite desaba
E os meus abraços abertos deportam
A solidão que está no meu porvir

 

Quando eu choro no chuveiro
O meu discurso desaba por inteiro
Como prédio no Rio de Janeiro
E eu me sinto estrangeiro.

 

É que você não sabe...
Quando os meus braços me apertam
É em ti que estou pensando, somando, sonhando
Um sonâmbulo de meu próprio dia que é per si

 

Um dia de chuvas pra molhar a minha face
Por que o mundo sem ti, já não me cabe
Então eu abro o que você não sabe
Te amando até o fim!

 

Sem mim no lado inteiro
Mas completa ao lhe ver
 




Existir.


 



Czar D’alma  –  “É que você não sabe”



Postar um comentário