Seguidores

2013/04/18

“Fotografia rasgada” – Czar D’alma.


“Fotografia rasgada” – Czar D’alma





“Fotografia rasgada” – Czar D’alma.


É bem claro que lhe vejo
Ao fechar meus olhos
E um novo mundo percebo
Escorrendo pelos meus dedos.




Se bem que não vejo
O mundo que desejo
Onde tu estás em meus braços
E cuidas de meus doces cabelos.

Um mundo de dentro de mim.
Onde aquele nosso retrato
Esta guardado comigo, desde o fim
Sem remendo nem  guardanapo.




Nem sei das roupas tuas o que faço
Se me visto de ti, quando sei
Que em teu mundo estás sozinho.
Levado por seus próprios regaços.

Me queira por um segundo
Pra minha eternidade ser de amor.
Por onde quer que formos ou vamos
Levamos aqueles que amamos.




Bem sei que tens seus planos
Onde eu não caibo nem ando...
Por que se tu ainda voltasses.
Eu seria uma alma decolando.

Me digas uma mentira doce
Onde eu seja a tua mulher...
Me lembro de quando me abraçavas
E íamos pra onde que a vida quiser.




Um mundo distante de outro
O que me resta do pagamento sem troco.
Por que se não sou mais a tua amada
Me perco em fotografias rasgadas.




Que se perdem 




dentro de mim.




“Fotografia rasgada” – Czar D’alma


Postar um comentário