Seguidores

2012/04/07

Destinos Descruzados

            "Destinos Descruzados"





                        




Quando a vida precisava sorrir
Tu me eras a paz...
Quando o som da esperança era a rua
Tu me eras as calçadas.


Por que todos precisam de pés
Pra expor em sua própria caminhada.
Eu ando com tudo na mente
Mas tu me és a minha maior morada.


Assim foi a minha vida
Mas saindo me levaste os sonhos
Pois acordado hoje
Já não sou mais nada.





Czar D’alma  –  Destinos Descruzados


Postar um comentário