Seguidores

2012/01/10

Você Ainda Não Vê

  "Você ainda não vê"  




                          






Só você não vê
Que dei a minha dor,
Pelo teu prazer.


Cantei cantigas pra ti ninar
Aprendi a fugir do medo
Pra lhe encantar.


Dei com meus dias,
Acordei com meus gritos
Por que quando tu eras a paz
Eu ainda não tinha o amar.


Só seus olhos se calam.
Pra tudo que lhe dei...
Guarda-roupa sem valor, cozinha sem por quê...
Pra quando tu sorrires com seus olhos ter prazer.


Vi seu desejo saciado, vi meus dias em meio aos pratos
Adormecemos entre medos que jamais pedimos no cardápio.
Andei milhas e milhas pra teu sorriso e pelo seu sonho não fenecer
Pra que nos dias noturnos tu lembrares que tens o homem que sabe ser.


Onde suas amigas lhe invejam...
Mas só você não 



Vê.




Czar D’alma

Postar um comentário