Seguidores

2012/01/10

Paz e Bem

            "Paz e Bem"  




                       





Fiz um pacto com meus erros
Jamais darei a eles meus equívocos
Nem tão pouco os meus anos.


Eu dei com todo meu passado
Aprendi a remontar meu presente
Sempre olhando pro futuro.
Pois é pra lá que vamos.


Sempre hei de pactuar
Com as coisas que não são do amor, amar...
Quando dos meus escorpiões jamais darei a estes
O prazer de neste abismo saciar meus deleites.


Por que quando a noite cai e as lágrimas voltam
É de seu amor que ganho forças
E volto a lutar.


Com grandes armas se faz guerra
E com pequenos se têm amor.
O mundo anda atrás de muitas explicações
Que não cabem em nossas ambições.


Sei que o amar é azul e a terra também
Mas, além disso, sei bem pouco, meu bem!
Sei dos sorrisos das crianças e que na vida
Certeza quase nenhuma se têm.


A não ser a vontade de sermos felizes
E amamos até quando convém.
Então abra sua alma e receba,
Paz e 



bem!





Czar D’alma



Postar um comentário