Seguidores

2012/08/16


“Um poeta ao lado das crianças”









Eu vou cantar uma canção
Ao lado de crianças...
Sorrindo com a alma aberta
Semeando as coisas incertas.


Eu vou cantarolar ao lado da felicidade
Esperando o aborto que não me permitiram brotar
Por que ao lado das crianças somos inocentes
Menos ao lado de quem nunca soube nos amar.


Eu vou dançar uma ciranda
Pra minha alma poder se alegrar
Correndo lágrimas e rios de minha face
As crianças ao meu lado, sim, somente essas...


Querem realmente amor me dar.


Ao lado de qualquer criança sendo adulta
Que saiba os preços que na vida ardem
E aqueles que os adultos jamais querem pagar...


Por sermos egoístas e famintos
Somente daquilo que o outro pode dar.





Czar D’almaUm poeta ao lado das crianças



Obs.: Agradeço aos leitores deste espaço por estarem aqui,mesmo em minha ausência pelo
decorrer de intensa dificuldade de poder estar aqui. Meu muito Obrigado à todos!
Beijos Meus e carpe diem!
Czar D'alma. Vosso amigo e conservo.
Postar um comentário