Seguidores

2013/08/14

“Glória pra o homem coroa de vitória”

“Glória pra o homem coroa de vitória - Czar D'alma"



 
“Glória pra o homem coroa de vitória - Czar D'alma"


Tive meu tempo pra chorar
Olhar para trás e voltar a pensar.
Das coisas mais doces da vida
Sei beijo dá sabor enche minha boca d’agua.

Quem não olha a vida
Nem nunca para pra fisgar
Coisas que o passado comeu
Sem tempo pra saudade degustar.




Cada homem tem sua glória
Tu és da minha vida a vitória que me traga
O doce sabor do que a minha saudade pregava
Quando em minha solidão lhe vi em mim, chegada e trégua.

Tu que me amas quando eu ainda sou nada
Me embriago com seu sorriso
E ao seu lado estou de volta em casa.
Meu verso livre de toda dor, destarte a mágoa.




Ah menina doce, entra em minha vida.
E traz de volta a força das ondas e suas águas.
Quando estou em seus braços eu sou mais feliz
Quando mergulho em seus beijos a felicidade nem me disfarça.

Doce é seu caminhar ao meu lado
Suave é a saudade quando não estás
Mas, quando escuto teu cheiro...
Estou de volta a nossa casa.




Minha esperança perdida
Não estaciona em nossa garagem
Meu silêncio tem em ti sua própria palavra
Meus tormentos se calam por causa de sua saliva molhada.

Eu quero mais e mais você.
Despertar feliz ao lado seu todo dia
Isso pra mim é que é vida...
Minha sentença, minha menina, minha alegria.




Dou de caras com meu sorriso de manhã
Quando abro os braços e lhe vejo andar sobre as aguas
Pra adormecer em mim seus medos...
E acordar suas maiores fantasias.

Tu és sim, minha menina.
Minha doce harmonia
Meu xeque-mate pra melancolia
Minha mulher, minha cura e ferida.




Quando os deuses se calam
Meu refrão de felicidade é teu nome
Quando o medo se vislumbra
Minhas inseguranças em ti são todas vencidas
Eu ainda escrevo com o corpo o que o poeta chama de poesia.

Minha glória é lhe ver feliz em mim, em ti em si.
Pra que o mundo seja maior, quando abrires os braços.
E deslizares em meu corpo cada dia feliz e suas fantasias
Por que eu vou te amar melhor cada vez que me chamar de minha companhia.




Eu sou feliz, mas em ti sou completo.
Quando me calo, você decifra meus versos.
E a gente ainda faz amor com a primeira energia
Mesmo quando o mundo é todo silêncio, a gente faz sinfonias.

Mas agora eu paro, na tua frente me calo.
Pra contemplar em ti essa minha glória
Essa minha ternura de menina...
Meu sonho, desejo e harmonia.




Tu és toda minha...
Glória pra o homem coroa de vitória.
Na minha olimpíada de vida.
Sentença de felicidade jamais perdida.

Tu és meu sorriso escondido
Dos tempos meus de alma sofrida.
Uma esperança vívida
Uma alegria que apenas se inicia...




Quando abres os braços e me dizes
Sou tua mulher, esperança e cura de todas feridas.




Glória pra o homem coroa de vitória - Czar D'alma.




P.s.: Para Glória Fraga com carinho.
Com amor sempre.
 
Postar um comentário